Pesquisar este blog

sábado, 17 de setembro de 2011

AMAR É DIVINO

Amar é divino.
Não sei aonde ouvi está frase.
Mas hoje, em especial, não quero falar de amor incondicional, hoje quero falar de AMOR.
Amor compartilhado, sentido, vivido.
Aquele amor que aquece que nos faz transbordar de felicidade, que nos faz querer estar com o outro a todo instante.
É sobre este amor que quero falar.
Como é bom Amar, como é bom viver o Amor.
A entrega, a paixão, a amizade, o companheirismo, o romance, o sexo, tudo é maravilhoso quando se ama.
Pena que o verdadeiro Amor, anda tão banalizado.
Mas vejam bem, seria apropriado, dizer neste caso VERDADEIRO?
Ou seria melhor dizer somente AMOR. Pensando bem, dizer que o Verdadeiro Amor anda tão banalizado, com certeza, é perceber que não se trata de um Amor Verdadeiro.
Redundância?
Com certeza.
Mas a vida anda cheia delas.
Melhor que falar de Amor, é sentir Amor. É Amar e ser Amado. Epa!
Mas e quando não o somos?
E quando Amamos, e não somos correspondidos?
E quando amamos, e o outro (a) não está nem aí para o nosso Amor? Quanto sofrimento, não é mesmo?
Quantos desencontros, quanta tristeza, quanta solidão.
Quanto sentimento desperdiçado. Conheço pessoas, que esperam ser amadas, e notadas, e queridas, na ânsia de despertar no outro o mesmo amor, na mesma medida.
Conheço outras que falam: Ele (a) me ama, só não sabe disso ainda...
Pode?
Ouvindo as musicas de algum tempo atrás, notamos que sofrer por Amor, era melhor que nada. Era melhor que viver o vazio ou simplesmente o não viver ou sentir.
Tom Jobim, Vinicius de Morais, Tim Maia, Roberto Carlos, Fabio Junior, Sandy e Junior. ESPERA, eu falei Sandy e Junior?
Será que hoje a moçada realmente sabe o que é sofrer por Amor?
Será que eles sabem o que é aquela dorzinha? Será que eles esperam o tempo amenizar a dor, até este Amor ser correspondido, ou trocado por outro?
Espero sinceramente que sim.
O que não entendo, é falar de amor, dizer que ama, e "ficar com um, dois três, e nem sei quantos" numa balada.
O que não entendo é viver uma história de Amor, e trair, somente por que tá no embalo com os amigos.
O que não entendo, é descontar a dor de um amor, numa outra pessoa, só porque alguém a fez sofrer.
O que não entendo, é dizer que ama, somente pra levar o outro(a) pra cama.
O que não entendo é aonde foi parar o VERDADEIRO CONCEITO DE AMAR.
No passado, no presente, e com certeza no futuro, o Amor foi e sempre será o mesmo.
O que pode mudar independente do Tempo: Somos Nós.
Os Seres Humanos que somos.
Nossos sentimentos, nossas verdades, nossa índole.
Isto sim, é que muda o Amor.
Mas neste momento, quantos não estão à espera deste mesmo Amor?
Homens e Mulheres, ninguém nasceu para ser só.
Espero que todos sejam felizes, mas o que é mais importante do que Amar, é Respeitar o outro, e o principal, respeitar a si mesmo.
Acho que este talvez seja uma dica para se ser Amada e Feliz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário