Pesquisar este blog

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

GRITO PRESO






Preciso de ajuda.
Meu grito preso, faz derramar em mim a angústia dos aflitos.
Que a força suprema, venha em meu auxílio,
Tirando de mim está dor que me machuca, que me fere a Alma,
Sentida.
Precisava de você, mesmo a distância.
Sem pedir, sem exigir, somente você.
Tua presença, me fortalece, e me desperta a vontade de viver.
Quero você, longe
Mas você.
Em vão foi meu apelo,
Mas nem o som da minha voz tu escutou.
Descubro em mim o desejo adormecido, a vontade
da entrega, o querer-me em seus braços fortes, a me proteger.
Mas o que fazes você a não ser que me protejas te ti mesmo.
O que temes?
Se nada exigi?
Confundir amizade com amor...é para aqueles que nunca amaram.
Eu não te amo.
Eu te quero 
Te desejo.
Quero te ter em mim, guardado... ambos do mundo que nos une, mas ao mesmo tempo que separa.
Sei que pensas em mim, me quer como te quero.
Nem vivi, e já termino aqui está ilusão, prisioneira e lúgubre.
Que me arrasta com ela, e me afasta cada vez mais do calor do teu abraço.
Magamagaly

Nenhum comentário:

Postar um comentário