Pesquisar este blog

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

AMAR É...


AMAR É...

Quantos enganos cometemos pelo impulso de querer ser feliz?
As vezes nos deixamos ser motivados pela ilusão, erramos em não querer enfrentar a realidade.
Perdemos contato com o mundo real, por medo dos possíveis enfrentamentos, pela dor de se auto conhecer.
E caímos na compulsão de buscar a tal da felicidade, e responsabilizar o outro, jogando sobre seus ombros 
"TODO NOSSO AMOR".
Penso que muitas vezes a ânsia de amar e ser amado, camufla nosso próprio desamor.
Disfarça o modo como nos abandonamos.
Usar o Amor "para tapar o sol com a peneira", nunca irá ser a resposta para sermos felizes.
Como podemos amar o outro e desconhecermos o melhor caminho para amarmos a nós mesmos?
Amar a nós, significa descobrir quem somos, o que queremos
e como queremos viver o amor.
Viver a margem de nós mesmos, é querer iludir-se.
Fantasiar eternamente na vida os eternos e cansativos contos de fada.
Amar é viver o amor.
Com todas as suas nuances, seus altos e baixos.
É descobrir que os príncipes um dia irão acordar como sapos.
Que algumas princesas roncam.
Que o mundo não é feito de castelos.
Para amar temos que estar preparados para vivenciar os sentimentos, com respeito pela identidade do outro, e principalmente, também pela sua.
Querer amar é fácil.
Querer amar-se, aí é outra história...
Texto  de Magaly Delgado

Nenhum comentário:

Postar um comentário