Pesquisar este blog

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

A Mente



A mente é um mar revolto, onde navegantes desavisados, naufragam, pensando que dão conta, que são capazes de navegar em águas turbulentas, deixam de ficar atentos, conscientes...e se perdem no meio das ondas gigantescas da ilusão. 
A mente, MENTE.
Ela engana. 
Prega peças.
Desenvolve caminhos diversos e subterfugios, para não chegar no ponto certo, no que da questão. 
Confunde tempo e espaço, e faz com que percamos a consciência do que realmente queremos e onde realmente devemos chegar.
Desvirtua as proporções, e ficamos uma vida inteira, lutando contra os moinhos de vento...perdendo um tempo precioso da nossa evolução, com bobagens, sentimentos negativos, deixando de focar o que realmente nos interessa.
Muitas vezes achamos que lutamos contra o mundo, mas esquecemos que o "mundo", são o resultado das nossas escolhas, o que escolhemos e a forma que escolhemos para crescer, para evoluir.
A mente torna-se o nosso grande inimigo, quando perdidos em um milhão de pensamentos, deixamos de ser pró-ativos perante a vida.
Só conseguiremos vencer a luta contra nós mesmos, quando sairmos da "mente", da ilusão, e buscarmos o caminho da consciência, da razão. 
Vencer a mente, é serena-la, é entrar em estado meditativo para escutar sua própria consciência, seu verdadeiro EU.
Aquietar a mente é um exercício diário, é construir uma ponte em direção a si mesmo.
Nas escrituras sagradas, por vezes, lemos:
Aquietai-vos...
Orai e vigiai...
Muito ouvimos sobre ser mansos de coração, sobre vencer a si próprio. Na Kaballah, "satan" é a mente, o ego, em ação, impedindo-nos de alcançar a nossa consciência verdadeira, impedindo de sairmos da ilusão que nos prende neste patamar de terceira dimensão. Muito se tem falado da transição planetária para quinta dimensão, muito se tem falado da nossa verdadeira missão....
Mas ACORDEM, DESPERTEM...
Nossa única missão neste Planeta é para conosco mesmo.
E sabem qual é?
Evoluir.
Acordar, desta dormência que nos faz acreditar que o bom é encarnar e desencarnar eternamente, como se isto fosse a melhor coisa do mundo.
Sair desta roda reencarnatória, é sair da matéria de vez...mas isto lembrando que somos seres espirituais em uma experiência material, é realmente voltarmos para casa...Mas ai já é um outro assunto.
Voltando...o caminho é este...
Escutai o que sua consciência diz.
E para isto só existe um caminho...faça aquietar sua mente.
Gratidão eu e você somos Um.
Texto de Magaly Delgado

Nenhum comentário:

Postar um comentário