Pesquisar este blog

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

CONSPIRAÇÃO ESPIRITUAL


 CONSPIRAÇÃO ESPIRITUAL

 Obs.: Autor desconhecido

 Na  superfície  da  Terra, exatamente agora, há guerra e violência e tudo
 parece feio, desconexo, morto e morno, triste.

 No  entanto,  algo  muito  diferente  e  silencioso, calmo e oculto está a
 acontecer,  pois  certas  pessoas  estão  a  ser chamadas por uma LUZ MAIS
 ELEVADA.  Uma revolução silenciosa está a instalar-se de dentro para fora,
 e de baixo para cima. É uma operação global. Uma CONSPIRAÇÃO UNIVERSAL.

 Há  células  desta  operação em cada nação do Planeta. Vós não ides vê-las
 pela  TV  e nem ler sobre elas nos jornais. Nem ouvir as suas palavras nos
 rádios.

 Elas não buscam a glória. Não usam uniformes, tampouco. Chegam de diversas
 formas e tamanhos diferentes. Têm costumes e cores diferentes.

 A  maioria  trabalha anonimamente. Silenciosamente trabalham fora de cena.
 Em  cada  cultura  do  mundo.  Nas  grandes e pequenas cidades, nas vossas
 montanhas e vales. Nas fazendas, vilas, tribos e até em remotas ilhas.

 Talvez  você  cruze com estas pessoas nas ruas, e nem as perceba... Seguem
 disfarçadas.  Ficam  atrás  da  cena.  E não se importam com quem ganha os
 louros  do resultado, mas sim, que se realize o trabalho, que se conclua a
 obra.

 De  vez  em  quando  elas  se  encontram  pelas  ruas.  Trocam  olhares de
 reconhecimento  e  seguem  seus  caminhos,  nem  sempre fáceis, mas sempre
 iluminados.

 Durante o dia muitos disfarçam-se nos seus empregos normais. Mas, à noite,
 por  detrás  das  aparências,  o  verdadeiro  trabalho  inicia-se.  Alguns
 chamam-nos de: O Exército da Consciência.

 Lentamente  estão a construir um mundo novo, novas nações, redes múltiplas
 de  amor  e  solidariedade,  estabelecidas  sem fronteiras, sem moeda, sem
 comércio,    mas   plenas   de   outros   valores,   ricas   de   verdades
 verdadeiras, límpidas, transparentes, singelas.

 Com  o  poder  dos  seus  corações  e mentes, seguem com alegria e paixão,
 inteligentemente, armadas de compaixão e do mais puro discernimento.

 Os  comandos  que  as  governam chegam da Inteligência Espiritual Central,
 plantada no Coração Maior de cada um.

Estão  a  jogar  bombas  suaves  de amor sem que ninguém note. São poemas,
 abraços, músicas, fotos, filmes, palavras carinhosas, meditações e preces,
 danças  e  também  ativismo  social  e  ecológico participativos, sites e
 blogs,  ou  comunidades  nas  montanhas,  em todos os continentes, além de
 ciências e tecnologias mágicas, tudo no meio de atos de bondade plantados
 aqui e acolá, por todos os lugares...

 Logo  serão vistos a voar, silenciosamente, como anjos de Gaia, acudindo o
 mundo,  recolhendo os desabrigados, saciando a fome, curando as feridas, e
 encaminhando todos e cada um, para o futuro.

 Expressam-se  de  uma forma única e pessoal, valendo-se de seus talentos e
 dons, para além dos eventuais diplomas, cargos e funções. São eles mesmo a
 mudança  que  querem  ver  no  mundo.  Esta é a força que move os seus tão
 singelos como também heróicos corações.

 Sabem  que  esta  é  a  única forma de conseguir realizar a transformação.
 Sabem  que  no  silêncio  e  na  humildade têm o poder de todos os oceanos
 juntos.

 O  trabalho  que  realizam parece lento e meticuloso, como na formação das
 montanhas, mas definitivo.

 Eles sabem que o AMOR é a religião do Século 21.

 Sem  pré-requisitos  de  grau  de educação. Sem requisitar um conhecimento
 excepcional  para  a  sua  compreensão,  porque  nasce  da inteligência do
 coração, escondida pela eternidade no pulso evolucionário de toda criatura
 humana,  da  Terra  ou  de  algures,  deste ou de outros mundos, espaços e
 dimensões.

Seja  você  também a mudança que quer ver acontecer no mundo. Ninguém pode
 fazer este trabalho por si.

Eles,  silenciosamente,  estão  a  recrutar  mais  e  mais pessoas. Eu fui
 recrutado.
 Talvez você se junte a nós. Ou, talvez já tenha se unido a nós.

Todos são bem-vindos.

A porta está aberta.

 O PAI aguarda-nos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário